Area News

Vocaciones “ven y sígueme”

A Casa do Menino de Belém completa dez anos

2007-2017: a Casa do Menino de Belém festeja seu primeiro decênio. « Pensar nos dez anos é importante, mas pensar nos oitenta e três meninos é ainda mais importante ».Assim comentou Fr. Marwan, que administra a Casa desde seu início. A estrutura da Custódia da Terra Santa, desde 2007, assumiu o cuidado de bem oitenta e três crianças em situação de mal-estar familiar.O aniversário foi festejado no dia 15 de setembro com missa de ação de graças, na presença do Custódio da Terra Santa, seguida por cocktail entre os amigos da Casa.
« Hoje, vejo todo o bem que foi feito nas vidas destes oitenta e três meninos – disse Fr. Marwan -. Talvez esteja um pouco cansado, mas estou cheio de entusiasmo porque sinto que, nesses anos, o Senhor esteve entre nós e completou a obra que iniciou com sua Providência ».Os meninos, hoje, hóspedes na Casa são vinte e sete: doze passam também a noite na Casa, enquanto os outros a frequentam desde sair da escola até às 19h.Nenhum deles faltava no pátio, onde havia sido celebrada a Missa. Um banco de escola servira de altar, com simples objetos para conter o Corpo e Sangue de Cristo, como ensina a franciscana Senhora Pobreza.

DAR GRAÇAS
Durante a homilia, o Custódio da Terra Santa dialogou com as crianças. « Escutamos que os dez leprosos encontram Jesus, pedem-lhe de ser curados, mas apenas um retorna para agradecer – disse Fr. Francesco Patton -. Isso mostra que, quando Deus faz o bem à nossa vida, somente uma em dez, agradecem». Respondendo aos sorrisos dos menores, continuou: «Celebrar os dez anos da Casa do Menino significa dizer muito obrigado a Jesus ». Depois, pediu um minuto de silêncio para que cada um pensasse numa coisa feita por Jesus, pela qual deve agradecer.Alguns meninos agradeceram porque « Ele protege a nós e protege a nossos familiares », «pela família que nos deu », « por esta casa e por aqueles que aqui trabalham ».
O Custódio recordou, enfim, que « Jesus nos havia deixado como mãe sua própria mãe para que nossa casa jamais seja fria ».

O INÍCIO
A ideia de fundar a Casa do Menino foi de Fr. Amjad, hoje Pároco da igreja da Anunciação, em Nazaré. Feliz por poder participar desse aniversário, contou como foi:« Há dez anos, era Pároco da Paróquia de Belém e passando pelas casas, percebi o mal-estar de algumas famílias. Assim pensei em fundar uma casa para os meninos e já comecei a preparar os lugares.Contudo, fui transferido a Nazaré ». E, então, entrou no plano o Fr. Marwan. «Quando Fr. Amjadfoi transferido, continuei o trabalho – explicou o Frade -. Estou em Belém, há treze anos e, naquele tempo, era o Vice-Pároco ». Com orgulho acrescentou:« Inauguramos a Casa quando o Custódio era Fr. Pierbattista Pizzaballa e, depois de dez anos, estamos ainda aqui ».

DOAÇÕES

Depois da Missa, foi agradecido, a um por um, aos que ajudaram a Casa do Menino e lhes foi entregue uma homenagem. Havia muitos benfeitores presentes. « Chamam-se "amigos da Casa do Menino " –afirmou Fr. Marwan -: ajudam como podem, trazendo roupas, alimento, dinheiro. Começamos com poucas pessoas, mas, depois, o bem falou por si mesmo ».Entre os benfeitores, estavam muitos habitantes do lugar, como o Sr. Michael, que possui um negócio de souvenirs em Belém. «Fr. Marwan é meu grande amigo e eu amo muito as crianças. Por isso é um lugar justo para mim - disseMichael -. Aqui, dá-se nova casa às crianças, aqui sentem-se seguras. Há quem providencia para elas alimento e educação. Através da Igreja te sentes mais seguro, além disso, aqui, o que doas, chegará ao lugar justo, às pesoas justas ». A Custódia da Terra Santa mantém o projeto da Casa do Menino também graças à ajuda da ATS: Associação Pro Terra Sancta.

TESTEMUNHOS

Durante o cocktail, ao ar livre, foi dado espaço a alguns testemunhos de crianças, que frequentam ou frequentaram a Casa do Menino.
« Antes não tinha boas notas – explicou um rapaz -. Depois que cheguei a esta Casa, mudei de escola e comecei a ter notas melhores. Quatro anos depois saí desta Casa e me diplomei em Matemática e, agora, sou Professor na escola da Terra Santa».
Aramcontou: «Fr. Marwan ensinou-me como estudar. Agora, estudoHotel Managementna Universidade. É belo porque aqui tenho uma segunda casa e Fr. Marwan é como um pai e mãe ao mesmo tempo.Também meu irmão mais novo esteve aqui e agora trabalha ». De acordo com um companheiro seu:«Viver na Casa do Menino mudou tudo na minha vida, nos meus estudos. Fr. Marwan é como pai para mim ». « Também a mim essa Casa me fez e me ajudou muitíssimo, cheguei há sete anos », afirma outro rapaz.
De que gostam os rapazes em sua vida, juntos aqui? « Amo as atividades que temos », explicaFreddy. Outro menino, que parece ter um olhar sério, revela: « O que me agrada muito na Casa do Menino é o quer-se bem um ao outro! ».

Beatrice Guarrera

2017/09/15

Share
  • Outubro
    • SE
    • TE
    • QU
    • QU
    • SE
    • SA
    • DO
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
    • 6
    • 7
    • 8
    • 9
    • 10
    • 11
    • 12
    • 13
    • 14
    • 15
    • 16
    • 17
    • 18
    • 19
    • 20
    • 21
    • 22
    • 23
    • 24
    • 25
    • 26
    • 27
    • 28
    • 29
    • 30
    • 31

Calendário

01/04/2015 CELEBRAÇÕES

Gethsemane: 8.00 Mass (Passion sung) Holy Sepulchre: 8.00 Mass (Passion sung) & Daily Procession –10.00 Veneration of the Column – 16.00 Office

02/04/2015 CELEBRAÇÕES

Holy Sepulchre: 8.00 Entrance – The Lord's Supper & Procession of the Blessed Sacrament – 14.45 Office Cenacle – S. James – S. Mark: 15.30 Pilgrimage Gethsemane: 21.00 Holy Hour

03/04/2015 CELEBRAÇÕES

Calvary: 8.00 The Lord's Passion Via Crucis: 11.30 Holy Sepulchre: 16.00 Office – 20.10 Funeral Procession

05/04/2015 CELEBRAÇÕES

Easter Sunday Holy Sepulchre: 7.30 Simple Entrance – 8.00 Solemn Mass & Procession – 17.00 Daily Procession

06/04/2015 CELEBRAÇÕES

Emmaus (Qubeibeh): 10.00 Solemn Mass (Custos) – 14.30 Vespers Holy Sepulchre: 8.00 Solemn Mass – 17.00 Daily Procession

2011 - © Gerusalemme - San Salvatore Convento Francescano St. Saviour's Monastery
P.O.B. 186 9100101 Jerusalem - tel: +972 (02) 6266 561 - email: custodia@custodia.org