Area News

Vocaciones “ven y sígueme”

Primeira peregrinação quaresmal nos lugares Santos: a Missa em Dominus Flevit

A tradição de celebrar a Missa nos lugares em que se realizaram momentos da Paixão de Jesus vem dos primeiros séculos da era cristã. Assim, cada ano, os Frades franciscanos da Custódia da Terra Santa animam as liturgias das peregrinações quaresmais. A primeira realizou-se no dia 25 de fevereiro na pequena igreja de Dominus Flevit na escosta ocidental do Monte das Oliveiras.
Diante dos Frades e um bom grupo de fiéis, depois da oração das Vésperas, foram proclamadas as leiturae e o Evangelho relativo ao lugar. Durante seu ingresso triunfal em Jerusalém, Jesus contemplou a cidade do alto e predisse sua ruina. Dominus Flevit significa "o Senhor chorou" e recorda, na verdade, o lugar em que Jesus chorou sobre Jerusalém, dizendo: « Se tivesses compreendido também tu, neste dia, o caminho da paz. [...] Não reconheceste o tempo em que foste visitada » (Lc 19, 41-44).

O Santuário de Dominus Flevit foi construído pelo Arquiteto italiano Antônio Barluzzi, em 1956, sobre os restos de uma igreja bizantina do V século. O teto da igreja tem a forma de lágrima, exatamente para recordar o pranto de Jesus.
Depois da proclamação do Evangelho que recorda o episódio bíblico, um Professor do Studium Biblicum, como de costume, fez a homilia. « As lágrimas de Jesus têm muito a ver com nosso tempo – explicou Dom Luigi Epicoco -. Jesus chorando sobre Jerusalem chega a tocar na vida atual de cada um de nós ». A cidade de Jerusalém, que fere Jesus, é como o homem representado por S. Paulo na segunda leitura: « O homem dobrado sobre si mesmo, que pensa estar satisfeito e não feliz ». O pranto de Jesus – explicou ainda Dom Luigi Epicoco – é, em certo sentido, de « impotência », no ver a autodestruição de Jerusalém. « Às vezes, nossa vida se delineia como autodestruição – afirmou – mas, a História da Salvação do cristianismo inicia quando nada mais podemos fazer. O impossível pode realizar somente Jesus. Jesus não nos ensina a salvar-nos, mas a deixar-nos salvar ».



Ao fim da missa, Fr. Sebastião Eclimes, Superior de Dominus Flevit, ofereceu a todos os hóspedes um pqueno refresco diante do convento, junto à natural beleza do panorama de Jerusalém ao cair do dia.
As próximas peregrinações, na Quaresma-2018, seguem este calendário:

Quarta-feira, 07 de março: Getsêmani, Missa solene às 16h
Quarta-feira, 14 de marçio: Flagelação, Missa solene às 17h
Quinta-feira 15 de março: Betânia, às 6h30min, Missa no túmulo Jesus, às 7h30min: Missa na Igreja
Quarta-ferira, 21 de março: Lithóstrotos, às 17h, Missa solene.

Beatrice Guarrera

2018/02/28

Share
  • Agosto
    • SE
    • TE
    • QU
    • QU
    • SE
    • SA
    • DO
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
    • 6
    • 7
    • 8
    • 9
    • 10
    • 11
    • 12
    • 13
    • 14
    • 15
    • 16
    • 17
    • 18
    • 19
    • 20
    • 21
    • 22
    • 23
    • 24
    • 25
    • 26
    • 27
    • 28
    • 29
    • 30
    • 31

Calendário

01/04/2015 CELEBRAÇÕES

Gethsemane: 8.00 Mass (Passion sung) Holy Sepulchre: 8.00 Mass (Passion sung) & Daily Procession –10.00 Veneration of the Column – 16.00 Office

02/04/2015 CELEBRAÇÕES

Holy Sepulchre: 8.00 Entrance – The Lord's Supper & Procession of the Blessed Sacrament – 14.45 Office Cenacle – S. James – S. Mark: 15.30 Pilgrimage Gethsemane: 21.00 Holy Hour

03/04/2015 CELEBRAÇÕES

Calvary: 8.00 The Lord's Passion Via Crucis: 11.30 Holy Sepulchre: 16.00 Office – 20.10 Funeral Procession

05/04/2015 CELEBRAÇÕES

Easter Sunday Holy Sepulchre: 7.30 Simple Entrance – 8.00 Solemn Mass & Procession – 17.00 Daily Procession

06/04/2015 CELEBRAÇÕES

Emmaus (Qubeibeh): 10.00 Solemn Mass (Custos) – 14.30 Vespers Holy Sepulchre: 8.00 Solemn Mass – 17.00 Daily Procession

2011 - © Gerusalemme - San Salvatore Convento Francescano St. Saviour's Monastery
P.O.B. 186 9100101 Jerusalem - tel: +972 (02) 6266 561 - email: custodia@custodia.org