Ain Karem - São João Batista

Vocaciones “ven y sígueme”

Ain Karem - São João Batista

Ain Karem - São João Batista

A igreja cruzada foi restaurada em 1621 pelo então Custódio da Terra Santa, o padre Thomas Obicini de Novara, mas só foi aberta ao culto em 1675. O actual edifício, projetado por Barluzzi é do 1939.
O nascimento de João Batista, Precursor do Senhor, é localizado no vilarejo de Ain Karem, nas proximidades de Jerusalém. Neste santuário comemora-se o nascimento de João, cujos pais anciãos, o sacerdote Zacarias e sua mulher Isabel, prima de Maria.






"E tu, menino, serás chamado profeta do Altíssimo, porque precederás o Senhor
e lhe prepararás o caminho
". Luca 1, 57-80




 

A tradição cristã

Imagem da Virgem Maria

A Igreja de Jerusalém, como nos é testemunhado num antigo lecionário conservado em língua gregoriana (séc. VII e VIII), celebra no dia 28 de agosto, a memória de Isabel, a justa, “na cidade de Ain Karem”. Segundo a tradição que remonta ao séc. IX, nesta localidade também teria nascido São João Batista e uma igreja foi construida em memoria dos fatos que nos narra o Evangelho de São Lucas. O Abade russo Daniel em princípios do séc. XII nos deixa escrito: “A casa de Zacarias está situada aos pés de um monte a ocidente de Jerusalém. À casa de Zacarias chegou Maria para saudar Isabel. Naquela mesma casa nasceu João. Hoje uma igreja ocupa este lugar. Em seu interior, a esquerda do altar central pode-se ver uma pequena gruta onde nasceu João, o Precursor.” Esta mesma igreja existe ainda hoje, não sendo jamais destruida, todavia foi transformada em estábulo pelos muçulmanos por mais de quatro séculos, até que os franciscanos, em fins do séc. XVII conseguiram tomar posse do lugar.
As escavações feitas fora do recinto da igreja pelo Padre Saller (1941 - 42) demonstram que se encontrava dentro de uma área habitada por hebreus (banhos rituais) desde o século I e posteriormente por pagãos (estatua de Afrodite). Na época Bizantina (séc. IV e V) se constata uma ampla zona de cemitérios cristãos ao lado das veneradas sepulturas dois desconhecidos “Martires de Deus”, mencionados numa inscrição de um mosaico no pavimento descoberto em 1885. Na frente destas sepulturas foram encontrados restos de uma capela pavimentada com mosaicos. Em seguida uma outra capela foi encontrada no lado sul. Todos estes elementos apesar de não terem relação direta com João Batista são testemunhos de uma antiga tradição de culto neste lugar.

Planta arqueológica

Ain Karem - Mapa da igreja de São João Batista

1. Gruta do nascimento de São João Batista 

2. Igreja do séc. XI ao XII 

3. Capela do Mártires com Inscrições e túmulos do século V 

4. Capela da lado sul (séc. VII) 

5. Banho ritual do séc. I 

6-7. Salões dos Cruzados (séc. XII)

 

Nascimento e circuncisão de João Batista

Terminou para Isabel o tempo de gravidez, e ela deu à luz um filho. Os vizinhos e parentes ouviram dizer como o Senhor tinha sido bom para Isabel, e se alegraram com ela. No oitavo dia, foram circuncidar o menino, e queriam dar-lhe o nome de seu pai, Zacarias. A mãe, porém, disse: «Não! Ele vai se chamar João.» Os outros disseram: «Você não tem nenhum parente com esse nome!» Então fizeram sinais ao pai, perguntando como ele queria que o menino se chamasse. Zacarias pediu uma tabuinha, e escreveu: «O nome dele é João.» E todos ficaram admirados. No mesmo instante, a boca de Zacarias se abriu, sua língua se soltou, e ele começou a louvar a Deus. Todos os vizinhos ficaram com medo, e a notícia se espalhou por toda a região montanhosa da Judéia. E todos os que ouviam a notícia, ficavam pensando: «O que será que esse menino vai ser?» De fato, a mão do Senhor estava com ele. O pai Zacarias cheio do Espírito Santo, profetizou dizendo:
Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, 
 porque visitou e resgatou o seu povo, 
 e suscitou-nos um poderoso Salvador, 
 na casa de Davi, seu servo 
 como havia anunciado, desde os primeiros tempos, mediante os seus santos profetas, 
 para nos livrar dos nossos inimigos 
 e das mãos de todos os que nos odeiam. 
 Assim exerce a sua misericórdia com nossos pais, 
 e se recorda de sua santa aliança, 
 segundo o juramento que fez a nosso pai Abraão: 
 de nos conceder que, sem temor, 
 libertados de mãos inimigas, 
 possamos servi-lo em santidade e justiça, 
 em sua presença, 
 todos os dias da nossa vida.
E tu, menino, serás chamado profeta do Altíssimo, 
 porque precederás o Senhor 
 e lhe prepararás o caminho, 
 para dar ao seu povo conhecer a salvação, 
 pelo perdão dos pecados. 
 Graças à ternura e misericórdia de nosso Deus, 
 que nos vai trazer do alto a visita do Sol nascente, 
 que há de iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte 
 e dirigir os nossos passos no caminho da paz.
O menino ia crescendo, e ficando forte de espírito. João viveu no deserto, até o dia em que se manifestou a Israel.

Lucas 1, 57-80

Oraçaõ

Guia. Em São João Batista contemplamos um testemunho humilde e forte do Senhor Jesus. Pedimos ao Pai Celeste a graça de viver a experiência apaixonante da amizade com Jesus, místico esposo da Igreja.
Todos. Escutai-nos, ó Senhor!

1. Aos que crêem em Cristo, para que através do exemplo de João Batista, sejam testemunhas corajosas e precursores do Senhor Jesus, rezemos:
2. Pelos governantes, para que rejeitem caminhos de opressão e violência e abram as portas a Cristo, único Salvador do Mundo, rezemos:
3. Pelos que sofrem por causa da fé em Jesus, para que o Espirito Santo lhes conceda consolação e paciência nas provações, rezemos:
4. Por aqueles que se afastaram da fé, para que saibam acolher com humildade e prontidão os profetas que Deus envia, rezemos:
5. Por aqueles que procuram a Deus, para que o Senhor coloque em seus corações a coragem de renunciar a tudo pra viver a alegria do encontro com Ele, rezemos:
6. Por nós peregrinos, para que o Senhor purifique nossos corações e nos torne capazes de alegrar-nos sempre com sua bondosa presença, rezemos:

Guia. Pai misericordioso e fiel, que concedestes a São João Batista a graça de anunciar na vida e na morte teu Filho Jesus, infunde em nós o teu espírito de fortaleza para que saibamos testemunhar nossa fé com perseverança e coragem. Por Cristo nosso Senhor. Todos. Amém.

 

Informações

Ain Karem - Igreja de São João Batista

Convento de São João Batista

Terra Sancta
P.O.Box 1704
91170 Ain Karem - Jerusalem
ISRAEL
Tel.: 02-632.30.00
Fax: 02-643.34.51


Horário de abertura do Santuário:

Verão: 8hs – 12hs, 14hs 30min – 18hs

Inverno: 8hs – 12hs, 14hs 30min – 17hs

  • Agosto
    • SE
    • TE
    • QU
    • QU
    • SE
    • SA
    • DO
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
    • 6
    • 7
    • 8
    • 9
    • 10
    • 11
    • 12
    • 13
    • 14
    • 15
    • 16
    • 17
    • 18
    • 19
    • 20
    • 21
    • 22
    • 23
    • 24
    • 25
    • 26
    • 27
    • 28
    • 29
    • 30
    • 31

Calendário

01/04/2015 CELEBRAÇÕES

Gethsemane: 8.00 Mass (Passion sung) Holy Sepulchre: 8.00 Mass (Passion sung) & Daily Procession –10.00 Veneration of the Column – 16.00 Office

02/04/2015 CELEBRAÇÕES

Holy Sepulchre: 8.00 Entrance – The Lord's Supper & Procession of the Blessed Sacrament – 14.45 Office Cenacle – S. James – S. Mark: 15.30 Pilgrimage Gethsemane: 21.00 Holy Hour

03/04/2015 CELEBRAÇÕES

Calvary: 8.00 The Lord's Passion Via Crucis: 11.30 Holy Sepulchre: 16.00 Office – 20.10 Funeral Procession

05/04/2015 CELEBRAÇÕES

Easter Sunday Holy Sepulchre: 7.30 Simple Entrance – 8.00 Solemn Mass & Procession – 17.00 Daily Procession

06/04/2015 CELEBRAÇÕES

Emmaus (Qubeibeh): 10.00 Solemn Mass (Custos) – 14.30 Vespers Holy Sepulchre: 8.00 Solemn Mass – 17.00 Daily Procession

2011 - © Gerusalemme - San Salvatore Convento Francescano St. Saviour's Monastery
P.O.B. 186 9100101 Jerusalem - tel: +972 (02) 6266 561 - email: custodia@custodia.org